21 maio 2020

VP médico do Santa sugere fim de maio como possível data para projetar retorno aos treinos.

À frente do departamento médico, Antônio Mário disse, no entanto, que data é apenas uma previsão, e não é um diagnóstico fechado

Camila Sousa /Especial para o Diario

“Acredito que no fim de maio é que poderemos visualizar uma data de retorno”, disse (Foto: Paulo Paiva/DP )

Fim de maio. Essa foi a data projetada pelo vice presidente médico do Santa Cruz, Antônio Mário Valente, para se começar a discutir o retorno às atividades do futebol no clube, paradas há mais de dois meses em função da pandemia do novo coronavírus. Mas, um adendo: a previsão, de acordo com o médico coral, não é para normalizar completamente o calendário, e sim retornar, gradativamente, aos treinamentos e atividades físicas.

Em entrevista na Rádio Transamérica, Antônio Mário ressaltou que o final de maio, no entanto, é apenas um indicativo, e não um ‘diagnóstico’ fechado em si. Até porque, de acordo com o vice presidente médico do Santa Cruz, a avaliação das condições sanitárias está sendo feita dia após dia.

“A avaliação tem que ser diária, profissional. Mas a ciência tem que ser um norte. Nós já evoluímos muito internamente, com protocolos. Mas, sobre uma data, eu diria que no final de maio nós poderemos tentar visualizar essa data de retorno das atividades. Mas fechar ela, com certeza, acredito que não,” afirmou.

“E quando me refiro a isso, me refiro a atividade dentro do clube, físicas mas o jogo, sem dúvidas, será um pouco mais à frente, porque vai envolver as questões técnicas, físicas e fisiológicas entre os atletas”, acrescentou o vice presidente médico do Santa Cruz.

Vale ressaltar que, em meados de abril, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro de Carvalho, em uma reunião por videoconferência com dirigentes e representantes médicos dos clubes de Pernambuco, discutiu alguns protocolos para quando o calendário do futebol se normalizar. Na pasta, testes para Covid-19, termômetros e equipamentos de infecção.

Compartilhe esta notícia:
Reinhard Allan Santos