26 mar 2020

Entenda como o dólar influencia no preço de ações.

Entenda como a moeda americana influencia nas empresas e na sociedade como um todo, causando impacto positivo para alguns setores e negativos para outros

Recentemente, a alta do dólar causou grande apreensão em alguns países, incluindo o Brasil, que viu a moeda disparar e atingir seu maior valor histórico no ano de 2019. Apesar dessa questão, muitas pessoas ainda não entendem a importância dessa disparada do câmbio em relação ao Real brasileiro.

Produtos, serviços, empresas e a sociedade como um todo são afetados pela variação cambial do dólar. Por isso, é importante entender como a moeda americana afeta vários assuntos da nossa rotina para, dessa maneira, se precaver nas situações extremas.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira este conteúdo e aproveite a leitura.

Qual a importância do dólar no dia a dia?

De forma bem direta, o dólar impacta diretamente e profundamente em nossas vidas, gerando vários resultados, positivos ou negativos, dependendo do setor que estamos analisando.

Para empresas que dependem de importações, por exemplo, a alta do valor da moeda americana atrapalha os negócios, já que os custos para trazer um produto de fora é aumentado consideravelmente. Nesses casos, pode ser uma alternativa viável explorar o mercado nacional em busca de negócios mais baratos e vantajosos para empresários.

Alta no preço dos alimentos

Em outra situação, temos uma grande variação no preço dos alimentos, que muitas vezes dependem de matérias-primas importadas, com seu valor sendo trabalhado em Dólar. Desse modo, com a alta da moeda americana, possivelmente veremos uma elevação do preço final para o consumidor em pouco tempo, como é o caso dos alimentos derivados do trigo, por exemplo.

Outra questão é o produtor que realiza exportações em Dólar, como é o caso dos pecuaristas. Com a possibilidade de lucrar mais em momentos de pico na cotação dessa moeda, fica mais vantajoso exportar a carne para ganhar mais. No entanto, essa atitude acaba desabastecendo o mercado brasileiro, que também acaba sofrendo com a elevação dos produtos de origem animal.

Preço do combustível disparando

Mais um item afetado pela oscilação do câmbio americano são os combustíveis derivados do petróleo, que sofrem diretamente com os picos da moeda. Nesse caso, o consumidor brasileiro acaba pagando o preço pela necessidade do país em importar a principal matéria-prima dos países produtores, onde tudo, obviamente, também é negociado em Dólar.

A variação do dólar e a influência nas ações

Do mesmo modo que influencia em todos os setores de um país, a oscilação constante do Dólar tem grande impacto na variação dos preços de ações das companhias, que precisam se adequar à turbulência do mercado para manter a saúde financeira.

Em resumo, tudo funciona pela lei da oferta e da demanda. Se os investidores estrangeiros estão esperançosos e animados para aplicar seu dinheiro em ações nacionais, eles precisarão trocar a moeda americana pela brasileira, e esse alto volume de dólar entrando no país vai resultar na queda do câmbio.

Da mesma forma, quando esses investidores estrangeiros perdem a confiança no Brasil, seus investimentos são transferidos para outros modelos de investimento e, com a falta de dólar no mercado, temos um cenário onde o mesmo dispara, atingindo valores nunca pensados. Portanto, a aplicação ou retirada do capital por parte do investidor estrangeiro é o que faz essas variações acontecerem.

Qual a consequência da variação do dólar para as empresas?

Aqui, temos dois cenários básicos: o primeiro, conforme falamos anteriormente, são de empresas exportadoras e que dependem da moeda americana para seus negócios. Assim, quanto mais alto o valor do Dólar, maior é o crescimento dos lucros e dos resultados para essa organização.

No segundo cenário, temos empresas que são afetadas pela entrada de investidores estrangeiros, onde o valor da organização depende diretamente de como suas ações são negociadas na bolsa de valores. Ou seja, a entrada em massa de investimentos vai valorizar a companhia e, dessa forma, fazer com que ela valha mais.

Em contrapartida, a saída de investidores traz um cenário de caos para CEOs e diretores das grandes corporações, que ficam de mãos atadas vendo o dinheiro ir embora e, com isso, a possibilidade de conquistar resultados melhores.

Em qualquer cenário, a moeda americana tem grande influência na rotina empresarial, como também acontece com todo o resto da sociedade, seja no poder de aquisição mais baixo de produtos alimentícios, combustíveis, serviços e eletrônicos, por exemplo.

Fique de olho na variação cambial

Acompanhar a oscilação da moeda americana em relação ao Real é importante para quem deseja investir e obter boas rentabilidades com a compra de dólares. No entanto, é importante ficar atento para aproveitar o instante certo para fazer bons negócios nesse sentido.

Como vimos, o valor do dólar impacta o mundo em vários aspectos e a sua oscilação tem grande importância na geração de empregos, exportações e até no modo como consumimos bens e serviços. Portanto, dependendo do momento, pode ser uma boa comprar dólar e investir na moeda americana como fonte de rendimentos.

Compartilhe esta notícia:
Reinhard Allan Santos