24 mar 2020

‘Diário Oficial’ publica revogação de dispositivo que permitia suspender salários.

Diante disso, afirmou o secretário, a próxima medida provisória a ser editada preverá a possibilidade de o contrato ser suspenso e a contraprestação do empregador.

Segundo Bianco, a nova MP será assinada “o quanto antes”. Medidas provisórias têm força de lei assim que publicadas no “Diário Oficial da União”, mas precisam ser aprovadas pelo Congresso Nacional em até 120 dias para virar leis em definitivo.

Compartilhe esta notícia:
Reinhard Allan Santos