27 fev 2020

Mulher nos EUA é infectada com coronavírus sem entrar em contato com outro paciente.

Governo americano anunciou caso logo após Trump exaltar controle da doença no país

O Globo

Trump mostra gráfico que relata o nível de preparo de cada país à epidemia do coronavírus Foto: ERIC BARADAT/AFP

Trump mostra gráfico que relata o nível de preparo de cada país à epidemia do coronavírus Foto: ERIC BARADAT/AFP

RIO — Uma pessoa na Califórnia que não foi exposta a ninguém infectado pelo coronavírus e não viajou para países nos quais o vírus está circulando apresentou um resultado positivo para a infecção, no que pode ser o primeiro caso do tipo nos EUA.

Segundo um comunicado do Centro de Controle e Prevenção de Doenças, a exposição do paciente ainda é “desconhecida”. O caso foi detectado em exames do sistema de saúde pública do país.

O caso foi anunciado logo após o presidente Donald Trump concluir uma entrevista coletiva, na qual afirmou que medidas de restrição de entrada no país haviam limitado com sucesso a propagação do coronavírus nos Estados Unidos.

O episódio eleva o número de ocorrências do coronavírus no país para 60, incluindo os 45 casos entre os americanos que foram repatriados de Wuhan, China — o epicentro do surto — e o cruzeiro Diamond Princess, que foi atingido pelo vírus depois de atracar no Japão.

Trump afirmou que o vice-presidente Mike Pence será o responsável pela resposta do país ao surto de coronavírus. No entanto, disse que o risco de uma epidemia “permanece muito baixo”.

— Estamos prontos para nos adaptar e estamos prontos para fazer o que for necessário à medida que a doença se espalhar, se ela se espalhar — disse.

Compartilhe esta notícia:
Reinhard Allan Santos