22 fev 2020

Central volta a vencer Náutico no Recife depois de sete anos e reage no Estadual.

Com um gol do atacante Bambam, Patativa vence na estreia do técnico Silvio Criciúma, entra no G-6 e freia Timbu, que permanece na vice-liderança do Pernambucano

Resumão

Melhores momentos de Central 0 x 1 Náutico, pela 6ª rodada do Pernambucano

Melhores momentos de Central 0 x 1 Náutico, pela 6ª rodada do Pernambucano. (Clique e assista ao vídeo)

O Central sofreu pressão. Levou duas bolas na trave no segundo tempo. Mas segurou o Náutico em pleno estádio dos Aflitos e voltou a triunfar sobre o Timbu jogando fora de casa – a última vez que isso tinha acontecido foi em fevereiro de 2013, por 1 a 0. Sete anos depois, o placar se repetiu no mesmo lugar, agora com um gol de Bambam.

Como fica?

Com a vitória, o Central saiu da sétima posição e entrou no G-6, agora na quinta posição, com oito pontos. O Náutico, por outro lado, ficou estacionado na vice-liderança, com 11.

Próximos jogos

O Náutico volta a jogar nesta quinta-feira, contra o ABC, pela Copa do Nordeste. A partida será às 20h, no estádio dos Aflitos. Já o Central só entra em campo no próximo sábado, às 20h, contra o Petrolina, no estádio Paulo Coelho.

Primeiro tempo

Como esperado, o nível do jogo não foi dos melhores. O Central, que começou a rodada na sétima posição, no entanto, foi melhor que o Náutico. Não obrigou o goleiro Marcão a fazer tantas defesas – nem o Timbu fez o camisa 1 centralino trabalhar tanto -, mas a Patativa foi mais perigosa. E chegou ao gol depois da insistência de Bruninho. Ele fez jogada individual e cruzou para Bambam, que deixou a bola bater nele e entrar.

Segundo tempo

Com o placar adverso, o Náutico acordou no jogo. Mesmo assim, foi o primeiro a sofrer um susto, em chute de Leandro Costa que foi desviado para fora. Depois foi o Timbu que controlou o jogo. Chegou a finalizar duas vezes com muito perigo – uma no travessão com Jefferson Nem e uma na trave com Paiva. Mas nada disso alterou o placar. O Alvirrubro seguiu em cima, pressionando, mas não conseguiu ser efetivo. O Central, que meteu um ferrolho, segurou os três pontos e saiu com a vitória.

Público e renda

Público: 1.060 pagantes

Renda: R$ 5.728,00

Teve passinho

Aos 13 do 1ºT, Bambam abre o placar para o Central

Aos 13 do 1ºT, Bambam abre o placar para o Central

Ao marcar o gol do Central, Bambam se dirigiu até a torcida adversária e fez um passinho de brega funk, ritmo musical muito popular no Recife. A torcida do Náutico não gostou e xingou muito o jogador.

Se não fosse a trave…

Aos 19 do 2ºT, Guillermo Paiva acerta a trave e quase empata

Aos 19 do 2ºT, Guillermo Paiva acerta a trave e quase empata

O Náutico teve duas boas chances de virar o jogo no segundo tempo. A primeira esbarrou no travessão em um chute de Jefferson Nem. A segunda foi com Guillermo Paiva, que carimbou o poste do goleiro do Central.

Que estreia

Sílvio Criciúma cumprimenta Dal Pozzo antes do jogo

Sílvio Criciúma cumprimenta Dal Pozzo antes do jogo (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)

O técnico Silvio Criciúma fez seu primeiro jogo à frente do Central. Ele substituiu Evandro Guimarães no comando do time e conseguiu a primeira vitória da Patativa fora de casa no Pernambucano – em seis jogos, o time venceu duas.

Professor no chuveiro mais cedo

Aos 36 do 2ºT, Gilmar Dal Pozzo é expulso por reclamação

Aos 36 do 2ºT, Gilmar Dal Pozzo é expulso por reclamação

No segundo tempo, o técnico Gilmar Dal Pozzo e a comissão técnica reclamaram muito após a arbitragem parar o jogo para atendimento do jogador do Central enquanto o Timbu estava no campo de ataque. No meio do bate-boca, Dal Pozzo foi expulso.

Compartilhe esta notícia:
Reinhard Allan Santos