21 fev 2020

Polícia encontra material que apontava ataque de torcida organizada no Carnaval.

Publicado por Raphael Guerra

Integrantes de uma torcida organizada foram detidos durante a operação. Foto: Bruno Campos/JC Imagem

A operação da Polícia Civil de Pernambuco, deflagrada nesta sexta-feira (21), para cumprir mandados de busca e apreensão em lojas e sedes da Torcida Jovem e da Inferno Coral, extintas nesta semana pela Justiça, encontrou papéis comprometedores que revelaram um plano de possíveis ataques que seriam feitos durante o Carnaval contra membros de grupos rivais. O material foi apreendido e levado para análise da polícia.

Para não atrapalhar o andamento das investigações, a polícia não informou se os papéis foram encontrados na sede da Torcida Jovem ou da Inferno Coral. Mas a descoberta causou preocupação aos investigadores.

Na operação, que também foi realizada em um condomínio no Recife, a polícia apreendeu camisas, bandeiras, fogos de artifício, drogas, pedaços de madeira e uma grande quantidade de documentos.

Na sede da Inferno Coral, também foi encontrada cocaína. Quatro pessoas estavam no local. Elas foram detidas e levadas para a sede da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), onde estão prestando depoimento.

A operação foi deflagrada a partir da investigação que apura o ataque a torcedores do Santa Cruz, que comemoravam o aniversário do clube, no último dia 03, no Pátio de Santa Cruz.

Compartilhe esta notícia:
Reinhard Allan Santos