13 fev 2020

ONG Visão Mundial promove campanha para oferecer melhores condições de ensino nas escolas públicas.

Campanha Doe Uma Escolha visa trazer crianças e adolescentes para dentro de salas de aulas seguras e preparadas para incentivá-las a aprender e se desenvolver

Uma pesquisa realizada pela ONG Visão Mundial identificou que 78% das crianças e adolescentes se sentem mais protegidos em casa e 48% afirmam não se sentir seguro na escola, esses dados foram obtidos de acordo com as respostas de crianças e jovens entrevistados na pesquisa Infância (Des)protegida, realizada em 2018. O retorno às atividades escolares convida a refletir sobre esses dados preocupantes. O fato de a escola ser um ambiente seguro para crianças e adolescentes têm impacto direto no desenvolvimento infantil.

Nessa perspectiva, a ONG Visão Mundial, organização não governamental humanitária especializada na proteção à infância, lança pelo terceiro ano a campanha Doe uma Escolha, que irá beneficiar mais de 12 mil crianças em 38 escolas públicas do Brasil, em 5 estados brasileiros. Pela plataforma digital, poderão ser feitas doações para os projetos na área de educação e os voluntários também podem se cadastrar para trabalhar nas ações e ajudar “doando tempo”.

Mobilizar recursos pela qualidade da educação, esse é o principal objetivo desta campanha que acontece em Recife-PE, Fortaleza-CE, Inhapi-AL, Canapi-AL, Governador Dix Sept Rosado-RN, Salvador-BA e Nova Iguaçu-RJ. Durante os meses de janeiro a março, crianças, adolescentes, famílias, parceiros e voluntários serão mobilizados para contribuir com a melhoria na estrutura física das escolas públicas parceiras, além de auxiliarem em ações de sensibilização e difusão de informações que contribuam para ampliação dos conhecimentos e que possibilitem tornar a escola pública um ambiente seguro para toda comunidade.

Salas do Saber

Além da melhoria do ambiente físico, a ONG irá garantir um acervo de literatura infanto-juvenil com foco em proteção. Temas como prevenção ao abuso, exploração sexual, bullying e racismo farão parte do acervo, além uma série de atividades de incentivo à leitura nas escolas que serão implantadas.

A ONG irá criar 14 Salas do Saber estruturadas nas comunidades e nesses espaços lúdicos serão disponibilizados livros e jogos educacionais interativos e digitais. Por meio da tecnologia, as crianças têm acesso à informação e educação de maneira segura, divertida e dinâmica, o que os motivam a buscar o aprendizado e a adquirir conhecimento a cada dia. Através das Caixas do Saber (jogos, vídeos, entre outros recursos digitalizados que estão disponíveis na Internet em modo off-line, com finalidade educativa), as crianças dão o primeiro passo rumo à inclusão digital, na medida em que também adquirem conteúdos fundamentais a sua formação sociopolítica e que facilitem seu aprendizado de leitura e escrita.

Os espaços construídos coletivamente irão servir para o desenvolvimento das atividades pedagógicas, proporcionando um ambiente atrativo apropriado para que os alunos possam adquirir novas aprendizagens. “As escolas que não possuem as condições físicas necessárias para uma criança estudar não possibilitam que ela aprenda e desenvolva plenamente o seu potencial”, conta Andrea Freire, gerente nacional de educação da Visão Mundial.

Contação de história

Serão desenvolvidas atividades de contação de história a partir do livro infantil “Não me toca seu boboca”, da escritora Andréa Taubman. O material narra uma história lúdica que aborda a prevenção ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes; de forma simples, contando a história de Ritoca, uma coelhinha que ensina as crianças e adolescentes a identificarem as situações de abuso e se protegerem. Por meio de peças teatrais, teatro de fantoches, contação de histórias todas as crianças inscritas nos programas serão alcançadas pelas atividades que serão desenvolvidas.

Ação Voluntária

Pela plataforma digital, os voluntários podem se inscrever para participar de atividades que serão desenvolvidas em Alagoas, Salvador, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Ceará e Pernambuco.

Serão organizados mutirões para a construção e organização das Salas do Saber – desenvolvimento do Projeto, design das salas, execução da montagem e ornamentação das salas; pintura das escolas; pintura das salas; manutenção dos computadores; e revitalização da biblioteca. A ONG convida estudantes, profissionais de arquitetura e design, profissional de grafitagem, e qualquer pessoa que queira se voluntariar para ajudar nos dias de ação em cada estado.

Os voluntários podem se inscrever pelo link: http://visaomundial.org/doeumaescolha

Salvador – BA

Dia 10/03 às 10h – Uruguai/Conjunto Santa Luzia/Escola Comunitária Luiza Mahin

Inhapi – AL

Dia 04/03 – Comunidade Promissão, zona Rural, Escola Municipal Senador Rui Palmeira

Nova Iguaçu – RJ

Dia 03/03 às 9h – E.M Newton Gonçalves de Barros

Dia 14/02 às 9h – Comunidade de Rancho Fundo – E.M.America Xavier da Silveira

Dia 12/03 às 9h – Núcleo Esperança para o Futuro – Comunidade de Bairro de Maio (Rua Iracema)

Governador Dix Sept Rosado – RN

Dia 27/02 – 9h às 14h – Escola Estadual Jerônimo Rosado – Centro de Governador

Dia 28/02 – às 14h – Escola Estadual Jerônimo Rosado – Centro de Governador

Fortaleza – CE

Dia 21/02 às 9h – Rua Honorino Maia, 467 – Parque Santa Maria

Recife – PE

Dia 29/02 às 9h – Escola Municipal Flávio Guerra – Rua Alto da Telha, 468 – Passarinho

Dia 14/03 – Escola Municipal Bola na Rede

Sobre a Visão Mundial

A Visão Mundial Brasil integra a parceria World Vision International, que está presente em cerca de 100 países. No País, a Visão Mundial atua desde 1975, beneficiando 2,7 milhões de pessoas com projetos nas áreas de educação, saúde/proteção da infância, desenvolvimento econômico e promoção da cidadania. Seus projetos e programas têm como prioridade as crianças e adolescentes que vivem em comunidades empobrecidas e em situação de vulnerabilidade. Nesses 44 anos de atuação no Brasil, a Visão Mundial se consolida como uma organização comprometida com a superação da pobreza e da exclusão social. Para saber mais, acesse o site visaomundial.org

 

Compartilhe esta notícia:
Reinhard Allan Santos