22 jan 2020

Sisu 2020 teve quase 1 milhão de inscritos no 1° dia.

Por G1

Cerca de 1 milhão de candidatos se inscreveram no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) no 1° dia de concorrência. Eles tentam uma das 237 mil vagas em instituições públicas de ensino superior do Brasil. O ministro da Educação, Abraham Weintraub, divulgou na manhã desta quarta-feira (22) o balanço do primeiro dia de inscrição do processo seletivo.

Ao todo, nas primeiras 24 horas, foram 993.311 pessoas inscritas. No ano anterior, o primeiro dia registrou 492 mil inscritos. As candidaturas do primeiro semestre de 2020 do Sisu foram abertas na madrugada de terça-feira (21).

Como os participantes podem se inscrever em dois cursos, o número de candidaturas registradas era, à 1h, 1.870.751. Os concorrentes podem se inscrever até as 23h59 do próximo domingo (26).

O prazo, que antes se encerraria na sexta (24), foi prorrogado após erros nas correções de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que, de acordo com o ministro afetou quase 6 mil candidatos, mas foi corrigido um pouco antes da abertura das inscrições do Sisu.

Comprovativo de inscrição do Sisu 2020 — Foto: Reprodução Site Sisu

Comprovativo de inscrição do Sisu 2020 — Foto: Reprodução Site Sisu

Lentidão

Logo após o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) liberar as inscrições no site do Sisu, estudantes relataram lentidão e dificuldades para se candidatar às vagas das universidades públicas.

G1 entrou em contato com o Ministério da Educação (MEC), que disse que o sistema foi restabelecido e que o problema de lentidão é ocasionado pelo grande número de acessos simultâneos de usuários.

As reclamações seguiram ao longo de toda essa terça-feira e alguns candidatos relatam, na quarta-feira, que não conseguem fazer a inscrição.

Inscrição do Sisu 2020 poderá ser feita por dispositivos móveis — Foto: Reprodução/Sisu

Inscrição do Sisu 2020 poderá ser feita por dispositivos móveis — Foto: Reprodução/Sisu

Sisu 2020: como se inscrever

• As inscrições devem ser feitas na página do Sisu.

• Podem participar os candidatos que fizeram o Enem em 2019 e não tiraram nota zero na prova de redação. Nesta edição, são 237.128 vagas em 128 instituições de todo o país.

• Cada candidato poderá se inscrever em até duas vagas, especificando a ordem de preferência e o turno no qual pretende estudar.

• Também é necessário definir a modalidade na qual o aluno se encaixa – ampla concorrência ou alguma relativa às ações afirmativas (com critérios raciais ou sociais).

Veja dicas e estratégias para escolher o curso certo no Sisu

Veja dicas e estratégias para escolher o curso certo no Sisu. (Clique aqui e assista ao vídeo)

O que o candidato deve saber sobre a inscrição do Sisu:

• As inscrições vão de 21/1 a 26/1;

• É possível escolher dois cursos (primeira e segunda opção);

• O sistema atualiza uma vez ao dia e muda a ordem dos inscritos conforme a nota do Enem;

• A primeira atualização será divulgada a partir da 0h de 23/1;

• Recomenda-se que o estudante entre no sistema uma vez ao dia para saber se a disputa pela vaga ainda é viável ou se prefere mudar de curso;

• O resultado da chamada regular sai no dia 28/1;

• Se for aprovado na segunda opção de curso, o candidato não será incluído na lista de espera da primeira opção (leia mais abaixo);

• O prazo para escolher participar da lista de espera é de 29/1 a 04/2;

• A convocação da lista de espera será no dia 7/2 a 30/4;

Cronograma do Sisu 2020

• Abertura das inscrições: 21 de janeiro (terça-feira)

• Fim das inscrições: 23h59 de 26 de janeiro (domingo)

• Resultado: 28 de janeiro

• Prazo para participar da lista de espera: 29/1 a 04/2

• Convocação dos candidatos em lista de espera: 07/2 a 30/4

Compartilhe esta notícia:
Reinhard Allan Santos