1 dez 2019

Polícia de Londres investiga como suspeito conseguiu executar ataque na ponte.

O ataque levanta difíceis questões para o governo britânico e as forças de segurança. A policia disse que o suspeito foi condenado em 2012 por crimes terroristas e liberado em de8130824zembro de 2018 sob condição de licença, o que significa que ele precisava atender algumas condições ou então precisaria voltar para a cadeia.

Diversos jornais britânicos noticiaram que ele usava uma tornozeleira durante os ataques.

Rainha Elizabeth

Em um comunicado, a rainha Elizabeth enviou suas condolências às vítimas.

“O príncipe Philip e eu ficamos tristes quando soubemos dos ataques terroristas na London Bridge. Nós rezamos e enviamos nossos sentimentos aos que perderam seus amados e que foram afetados pela violência terrível de ontem (sexta-feira).”

Ela também fez agradecimentos: “Eu expresso minha gratidão à polícia e aos serviços de emergência, assim como aos bravos indivíduos que colocaram suas próprias vidas em risco e protegeram os demais”.

Compartilhe esta notícia:
Reinhard Allan Santos