12 nov 2019

XEPA CULT ENCERRA CICLO COM MESTRAS COZINHEIRAS DA COMUNIDADE DE ÁGUA CLARAS.

Programação terá exibição de vídeos, Som do Barro, com Mestre Nado e degustação

Visualização da imagemVisualização da imagem

O projeto Xepa Cult – Mostra de Gastronomia de Tradição pelo Consumo Consciente encerra seu ciclo, neste sábado (16.11), com a força e o vigor das Mestras Cozinheiras da comunidade de Águas Claras, remanescente do Quilombo do Livramento, em Triunfo, Sertão de Pernambuco.  O sabor da resistência chegará pelas mãos das mestras Elineide Bezerra de Lima e Rosângela Marques Pereira Tenório.

As mestras representam a história do Quilombo e suas comunidades, que é percebida até os dias atuais em expressões culturais preservadas pelos moradores da região. Com orgulho, mantém tradições, como a dança do côco de roda e celebrações com pratos típicos, passados de geração a geração.

Deste modo, vem mantendo os saberes da ancestralidade que representa a luta pela identidade. No sábado, as mestras vão preparar receitas tradicionais da comunidade: galinha de capoeira com angu de milho branco e arroz vermelho, herança dos ancestrais que lutaram para preservar Livramento.

O Quilombo e seus moradores enfrentaram dificuldades e, para subsistirem precisaram produzir o próprio alimento, uma referência para a comunidade até hoje.  Preparado a partir do milho, o angu muitas vezes foi o prato do dia, consumido com galinhas de capoeira criada livremente nos terreiros. Já o arroz vermelho – conhecido também como selvagem – chegou depois e se incorporou ao cotidiano do local, sempre plantados e colhidos com responsabilidade para com a própria terra.

Patrimônio – Com suas histórias inigualáveis, Mestre Nado, Patrimônio Vivo de Pernambuco manterá a tradição e participará desta última edição do Xepa Cult com o Som do Barro.

Na aula espetáculo, mescla boas conversas sobre suas vivências, com música tirada de instrumentos de barro produzidos por ele.  O evento contará, ainda, com exibição de vídeos.

Xepa – Comprometido com a defesa da sociobiodiversidade alimentar e da valorização da agricultura familiar em comunidades quilombolas e indígenas do interior de Pernambuco, o projeto Xepa Cult chega ao fim, após sete edições em 2019.

Incentivado pelo Fundo de Apoio à Cultura (Funcultura), da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Secretaria de Cultura, Governo do Estado, a iniciativa difundiu o conceito Slow Food: comida de verdade, boa, limpa e justa para todos e todas.

Este ano, o projeto trouxe mestras cozinheiras de sete comunidades de todo o estado, ocupando locais diversos, como o Mercado da Encruzilhada, o Espaço Pequeno Latifúndio e no Centro Cultural Luiz Freira, em Olinda, totalizando quase 30 horas de vivências em torno da cultura alimentar e sustentabilidade.

Em março, com a celebração do Dia Internacional da Mulher, recebeu as mestras Elânia Lima do Nascimento e Cícera maria da Silva, do Quilombo Barro Branco, de Belo Jardim.  No mês seguinte, as mestras cozinheiras Selma e Gilmara, do Povo Indígena Truká.

As mulheres do Quilombo Malunguinho Catucá, de Goiana (PE), participaram da edição de maio, com as mestras cozinheiras Rosa Maria e Edenilza Santos. O projeto seguiu, em julho, com a mestras Maria Clarice da Conceição e Janete Maria dos Santos, de Vila Velha, em Itamaracá. No mês de agosto, as mestras Pamela e Cenivalda, do Quilombo Mundo Novo, em Buíque. A penúltima edição, contou com as mestras Joelma Vicente de Brito e Maria Aparecida de Brito, do Quilombo de Curiquinha dos Negros, de Brejão.

Em todas as edições, Mestre Nado e o Som do Barro contribuíram com a reflexão sobre a preservação da cultura. Na programação, exibição de diversos vídeos sobre as comunidades e sustentabilidade ambiental.

Para Mônica Jácome, coordenadora do projeto, a iniciativa cumpriu seu objetivo de valorizar o patrimônio gastronômico de comunidades quilombola e povos indígenas de Pernambuco, difundindo os valores e preservando a cultura. “Foram momentos de compartilhamento de experiência, troca de saberes e, principalmente, valorização do legado que esses povos deixam para todas as gerações”, afirmou.

Serviço

XepaCult- Mostra de Gastronomia de Tradição pelo Consumo Consciente- Ano II Edição outubro

Sábado, dia 16 de novembro de 2019

Das 14h às 18h Local- Centro de Cultura Luiz Freire (Rua 27 de Janeiro, 181, Carmo, Sítio Histórico, Olinda/PE) Acesso gratuito

Compartilhe esta notícia:
Reinhard Allan Santos