4 set 2019

“Aqui se governa com o povo”, defende Geraldo no Seminário Todos por Pernambuco.

Prefeito do Recife foi anfitrião do evento, nesta quarta-feira (4), e reforçou a escuta popular para a formação de um governo mais democrático

Visualização da imagemVisualização da imagemVisualização da imagem

Fotos: Andréa Rêgo Barros/PCR

Na abertura da 3ª rodada do Seminário Todos por Pernambuco, o prefeito Geraldo Julio destacou a importância do planejamento aliado à escuta popular para definir a aplicação mais eficiente dos recursos públicos. O encontro, organizado pelo Governo do Estado, existe desde 2007 e, de quatro em quatro anos, percorre todas as regiões de Pernambuco para construir de forma coletiva as propostas para o planejamento da gestão estadual. Na Região Metropolitana do Recife, o evento aconteceu no Parque Santos Dumont, na Zona Sul da cidade. Para o governador Paulo Câmara, o encontro é um importante instrumento para colher as demandas da população.

Numa fala contundente à favor da democracia, o prefeito exaltou a construção popular do governo. “Aqui tem democracia, aqui se luta pela liberdade. Aqui se governa com o povo, de frente para o povo”, defendeu, durante o discurso.

Geraldo rememorou o início do projeto, em 2007, na gestão do ex-governador Eduardo Campos. “Eduardo iniciou esse programa para poder ouvir a população do Estado nas suas localidades e poder fazer o planejamento e definir a aplicação dos recursos públicos. Então, o governo Paulo Câmara também está percorrendo cada uma das regiões. Aqui na RMR, certamente, após a escuta de toda a população, vão surgir muitas ideias, sugestões e prioridades serão traçadas. A população está toda aqui, mas o importante é que o povo possa falar e conversar com a administração estadual, mostrando as prioridades”, afirmou Geraldo.

Para o governador Paulo Câmara, a participação popular é imprescindível para reforçar o planejamento. “A gente tem, dentro do nosso modelo de gestão, a oportunidade de no primeiro ano do mandato fazer um processo de escuta planejado em todas regiões de Pernambuco. O intuito é ouvir demandas, muitas delas já conhecidas pela própria vivência do dia a dia, mas é importante ratificar para priorizar. E é um processo participativo”, afirmou o chefe do executivo estadual, que comandou o encontro ao lado da vice-governadora, Luciana Santos, e da equipe de secretários.

Segundo o governador, educação e saúde estão sempre na pauta dos pedidos. “Educação está sempre na lista das prioridades. Tem muita gente pedindo novas unidades escolares ou a melhoria das já existentes. A questão da saúde é um grande desafio, tem demandas de obras. Acho que é uma discussão profunda sobre a Região Metropolitana e é mais um instrumento, que tem sido muito útil para nós”, afirmou Câmara.

O Todos por Pernambuco acontece a cada primeiro ano da gestão e, em 2019, já percorreu todo o Sertão do Estado, com seis seminários. Essas duas primeiras rodadas já contabilizaram um total de 15.316 interações com a população – entre propostas criadas e/ou apoio às propostas.

Recife Participa – Valorizando o legado de construção coletiva de cidade, que data dos governos populares de Pelópidas da Silveira e Miguel Arraes na Prefeitura do Recife, o Recife tem seu modelo de Participação e Controle Social: o Recife Participa. Como no Todos os Por Pernambuco, plenárias abertas à população acontecem em todas as 18 Microrregiões Político Administrativas da cidade. As manifestações livres das pessoas são então coletadas, catalogadas e transformadas em metas dentro do orçamento da Prefeitura do Recife.

Compartilhe esta notícia:
Reinhard Allan Santos