26 ago 2016

PSB pode virar nanico nestas eleições.

psb

 

O Partido Socialista Brasileiro corre o risco de sair destas eleições como uma legenda nanica sem eleger nenhum prefeito nas capitais do País. A exceção é o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, que faz um governo regular( 45%) segundo a pesquisa Ibope/Datafolha divulgada hoje. Nela o ex-prefeito João Paulo surge com 32% e o atual prefeito com 28%.

O PSB parece não se entender nas hostes internas ou não está apto para as coligações e apoios. O partido sempre viveu das figuras de Miguel Arraes e do seu neto Eduardo Campos que fez um excelente governo em Pernambuco e chegou a entrar na disputa presidencial, mas morreu tragicamente.  Porém, como já não está entre nós, o partido ficou sem rumo e cada liderança tomou para si um poder que ainda não têm.

Tamanha é a desorganização está do PSB que só está lançando candidatos nas regiões Norte e Nordeste e nenhum deles lidera as pesquisas. Em Belo Horizonte é uma novela danada, pois o candidato Fernando Brandt já renunciou uma vez a postulação do cargo de prefeito em julho. Contudo o partido diz que vai lançá-lo no próximo dia 31. Lá, quem lidera é o tucano João Leite, com 26%, quase o dobro do segundo colocado conforme divulgou hoje os Institutos Ibope e Data Folha.

Nas demais capitais onde disputa, os candidatos estão em terceiro lugar: Mauro Nazif, em Porto Velho está com 16%, de acordo com a pesquisa Ibope. Também, segundo o Instituto, em Fortaleza tem 8% contra Roberto Cláudio do PDT, com 29%. Já em Florianópolis, única capital fora do eixo Norte/Nordeste, o PSB também está em terceiro lugar com o candidato Serafim Corrêa aparecendo com 10%.

As chances de crescer como partido seria a de sair fortalecido nestas eleições e fazer a filiação do governador tucano de São Paulo, Geraldo Alckminn, que está disposto a disputar à presidência da República em 2018 pelo PSB. Mas, até em São Paulo o candidato do governador João Dória, está penando para crescer nas pesquisas. Veja o resultado da pesquisa Datafolha divulgada recentemente: Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (26) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Prefeitura de São Paulo:- Celso Russomanno (PRB) – 31%; – Marta (PMDB) – 16%; – Luiza Erundina (PSOL) – 10%; – Fernando Haddad (PT) – 8%;  e João Doria (PSDB) – 5%.

Como se diz, pesquisa é uma intenção de voto no momento da consulta aos eleitores.

Agora, do jeito que caminha, a sigla vai diminuir e chegará em 2018 bem fraquinha.

É isso!

 

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa