10 fev 2018

Transformação do lixo em ‘dinheiro’ aquece economia no Carnaval de Olinda.

Um grupo de 200 catadores fará o recolhimento de resíduos durante a folia

 

Olinda abre o Carnaval neste sábado de Zé Pereira com muita alegria e sustentabilidade. Em uma iniciativa inédita, a Prefeitura de Olinda promoveu um café da manhã para 200 catadores que irão trabalhar no recolhimento de resíduos recicláveis durante os quatro dias de festa gerando trabalho e renda para esses profissionais. A expectativa é coletar 80 toneladas de materiais, dobrando a quantidade em relação ao Carnaval do ano anterior.

Serão 150 catadores, que envolve a participação da Associação de Recicladores de Olinda (ARO), a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis (COOCENCIPE) e ainda 50 catadores selecionados entre os cadastrados que atuavam no extinto Aterro de Aguazinha que foi fechado na gestão do prefeito Lupércio para que o município se adequasse ao marco legal dos resíduos sólidos. As ações de coleta seletiva serão monitoradas pela equipe de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente Urbano e Natural em sintonia com as diretrizes da Lei 12.305 de 2010 – Política Nacional de Resíduos Sólidos.

“Estamos gerando renda para essas pessoas que transformam lixo em dinheiro e são importantes na logística reversa. Esses materiais poderiam acabar indo para os nossos rios, mangues, entupindo canaletas, trazendo transtornos para a cidade. Essa é uma preocupação do prefeito Professor Lupércio” destaca o diretor de Planejamento e Educação Ambiental de Olinda, Cristiano Carrilho.

Durante o café de integração os catadores assinaram um termo de compromisso com a Secretaria de Desenvolvimento Social de Olinda de que não haverá trabalho infantil durante a ação.

O fundador da COOCENCIPE, Luiz Mauro comemora o crescimento de 60% no número de resíduos coletados. “Desde que fechamos a parceria com a Prefeitura de Olinda, nossa cooperativa vem aumentando o número de materiais coletados. Com isso cresceu também a quantidade de funcionários. Hoje temos 177 no total”, celebra.

A orientação é da equipe de Educação Ambiental e a fiscalização caberá ao Controle Urbano com apoio da Guarda Municipal. Os pontos de armazenamento dos resíduos coletados serão nas 4 Marias (ao lado do Sargação) e no Cine Duarte Coelho, no bairro do Carmo.

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa