10 fev 2018

Recife celebra 111 anos do Frevo com espetáculo apoteótico na abertura do Carnaval.

Foto: Andréa Rêgo BarrosO prefeito Geraldo Julio prestigiou a noite de abertura do Carnaval 2018 que celebrou o Dia do Frevo com o espetáculo Frevo Para o Mundo, contando a história do ritmo, e shows dos homenageados Jota Michiles e Nena Queiroga

 

No dia em que se comemora os 111 anos do Frevo, o Recife se encheu de cores e música em um espetáculo apoteótico celebrando o ritmo que é embaixador da alegria momesca e patrimônio imaterial da humanidade. O prefeito Geraldo Julio acompanhou de perto, na noite desta sexta-feira (9), com a família e o governador Paulo Câmara, o espetáculo Frevo Para o Mundo, que deu o pontapé inicial para os festejos do período mais aguardado pelos foliões da cidade e lotou o Marco Zero anunciando oficialmente o início do Carnaval do Recife 2018.

“Tivemos uma abertura linda. Também ganhamos neste ano mais um dia de carnaval, que foi ontem, com a lavagem feita pelos afoxés e o Tumaraca. Hoje, aniversário do frevo, com uma abertura muito bonita, um grande espetáculo de música e dança, muita gente mostrando como é a tradição e história do frevo. Uma grande  noite, com muitos artistas se apresentando, além dos homenageados do Carnaval 2018. Milhares de pessoas mais uma vez enchendo as ruas do Bairro do Recife para fazermos o Carnaval de rua mais bonito do país”, declarou o prefeito Geraldo Julio.

Já às 18h, o Bairro do Recife foi tomado por cortejos, que conduziram todos os presentes para o Marco Zero, que logo em seguida foi palco para a grande cerimônia da abertura oficial. As majestades momescas, o Rei e a Rainha do Carnaval anunciaram o início do espetáculo Frevo Para o Mundo, criado pela Secretaria de Cultura e Fundação de Cultura Cidade do Recife em parceria com o Quinteto Violado. A apresentação contou a história do Frevo, desfilando as muitas tradições cantadas, tocadas e dançadas do ritmo patrono da folia.

O governador Paulo Câmara também comentou a beleza da noite e a expectativa para o Carnaval 2018. “Hoje o Recife abre o seu Carnaval, e a expectativa é super positiva. Nossa rede hoteleira está totalmente lotada, os turistas chegaram, então teremos mais uma bonita festa. O nosso povo é que faz o Carnaval e estou muito confiante de que tudo foi preparado, entregue, está tudo pronto. O prefeito Geraldo Julio e sua equipe estão de parabéns e o Recife mais uma vez vai ter um grande Carnaval, com muita festa, frevo e muita paz”, afirmou.

Estrelado pela nova e velha guarda do frevo, o musical foi dividido em passado, presente e futuro do ritmo, tendo início com os primeiros acordes e passos, dados pelas bandas marciais e capoeiristas, e seguindo pelos muitos caminhos que o ritmo tomou ao longo dos anos. No palco, vários artistas abrilhantaram a apresentação do aniversário do Frevo, como Antônio Nóbrega, Maestro Forró, Spok, Banda de Pau e Corda, André Rio, Almir Rouche, Marrom Brasileiro, entre outros vários convidados, além do Quinteto Violado, que fez as vezes de mestre de cerimônia do espetáculo, junto com a orquestra do Maestro Duda, e encantaram os milhares de presentes.

“Que coisa maravilhosa! Está tudo lindo e muito bem preparado. Ver a história do frevo sendo contada assim é bonito demais! Dá muito orgulho do nosso carnaval e desse ritmo que sacode tanto a gente. Orgulho de ser recifense!”, falou Delvânia Maria de Souza, que acompanhada do seu filho, conferiu a apresentação do Marco Zero que reuniu em cena grupos de capoeira, porta estandartes de clubes e troças, passistas e blocos líricos, e muito frevo de rua, colocando o público para ferver e se emocionar.

A noite terminou com a apresentação de vários artistas, convidados pelos homenageados do Carnaval 2018, Nena Queiroga e Jota Michiles, que apresentaram cada um, um show biográfico, com convidados e trilhas sonoras que marcaram suas carreiras.

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa