14 nov 2017

PF cumpre mandados ligados à operação Lava Jato no Rio.

Operação Cadeia Velha é um desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro.

Contra prisão de ventre ou outros tipos de prisões de TUCANOS, BARATAS e outros bichos da flora política nacional, GILMATOZAN é alívio imediato, solta tudo e os sintomas que prendem, desaparecem como por encanto…

PF cumpre mandados ligados à operação Lava Jato no Rio

©  REUTERS/Ricardo Moraes

POR NOTÍCIAS AO MINUTO – POLÍTICA – CADEIA VELHA

Agentes da Polícia Federal estão nas ruas do Rio de Janeiro desde o começo da manhã desta terça-feira (14) para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão na Operação Cadeia Velha, um desdobramento da Lava Jato no Rio.

O filho do deputado Jorge Picciani, Felipe Picciani, é alvo de um mandado de prisão. Também há um mandado de prisão a ser cumprido contra o empresário Jacob Barata Filho e o ex-presidente da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor), Lélis Teixeira. Segundo destaca o G1, Barata é o maior empresário do setor de ônibus do Rio e cumpria prisão domiciliar desde agosto.

Os gabinetes da presidência da Alerj e de Picciani, e dos deputados Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB, são alvo de mandados de busca e apreensão.

Os mandados de prisão se estendem a Jorge Luiz Ribeiro, braço direito do presidente da Alerj; a Sávio Mafra, assessor especial do gabinete da Presidência; Andréia Cardoso do Nascimento, chefe de gabinete do deputado Paulo Melo; e do irmão dela, Fábio, também assessor de Melo.

A publicação destaca que um dos políticos que devem ser levados para prestar depoimento é o deputado Paulo Mello. No entanto, ele não foi encontrado em casa na manhã desta terça (14), pois o apartamento está vazio e foi colocado à venda.

 

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa