7 set 2014

Parente é serpente – Tales Andreassi (*).

Nos anos 1990, uma comédia italiana de Mario Monicelli que mostrava a relação entre membros de uma família, chamada “Parente é Serpente”, fez muito sucesso em São Paulo.

No mundo do empreendedorismo, nada pode ser mais verdadeiro do que esse título. Procure evitar ao máximo contratar parentes para trabalhar em sua empresa.

Logicamente, há exceções. Em algumas empresas, a parceria …

Leia Mais
Henrique Barbosa
7 set 2014

Joga pedra na Marina – Vera Guimarães Martins (*).

Marina Silva fez sua estreia no MMA eleitoral nesta semana. A pancadaria era previsível e esperada após seu crescimento vertiginoso nas pesquisas. Ao vencedor, é praxe, as pancadas. A candidata do PSB apanhou como gente grande.

É importante ressalvar que é absolutamente legítimo que Marina tenha virado vidraça. Qualquer aspirante a cargo público deve ter sua vida escrutinada, e ela …

Leia Mais
Henrique Barbosa
7 set 2014

A visão de fora – Henrique Meirelles (*).

O Brasil caiu ainda mais no ranking global de competitividade do Fórum Econômico Mundial, passando da 55ª para a 56ª posição entre 144 países. A queda foi atribuída a progressos insuficientes na solução de problemas de infraestrutura, com aumento das preocupações com a eficiência do governo, a instabilidade das regras e o funcionamento das instituições.

A questão do baixo crescimento …

Leia Mais
Henrique Barbosa
7 set 2014

A prova dos noves – Juca Kfouri (*).

Dunga começa no ponto em que Mano Menezes terminou: sem um centroavante como referência.

Desde Gerd Müller, em 1974, discute-se se o centroavante-centroavante é uma peça em extinção, mesmo porque, em 1970, Tostão não era, diferentemente do alemão.

Mas, em 1978, Mario Kempes era, assim como Paolo Rossi, em 1982, e daí por diante, como Romário em 1994, Ronaldo em …

Leia Mais
Henrique Barbosa
7 set 2014

Ueba! Dilma cria o Bolsa Dízimo! – José Simão (*).

Buemba! Buemba! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Pensamento filosófico da semana: dinheiro sobrando e pinto mole ninguém diz que tem! Rarará!

E a Marina já fez sua primeira ameaça: “Se ganhar, eu prometo soltar o cabelo”. Não! O Brasil não merece isso!

E o Aécio tá com cara de cãibra! Deve ser duro pro Aécio, todo playboyzão, apanhar …

Leia Mais
Henrique Barbosa
7 set 2014

As hipóteses estão abertas – Janio de Freitas (*).

Ainda que não tenha havido menção direta a Guido Mantega, com a referência de Dilma Rousseff apenas a “novas equipes” de governo se reeleita, a situação do ministro da Fazenda tornou-se pior do que embaraçosa. A sua autoridade formal continua a mesma, mas estão gravemente atingidas as suas condições políticas, funcionais, e talvez psicológicas, para o comando e para lidar …

Leia Mais
Henrique Barbosa
7 set 2014

A magia do PIB – Hélio Schwartsman (*).

O IBGE registrou queda de 0,6% no PIB do segundo trimestre. O instituto também reviu o número do primeiro trimestre, que passou do 0,2% para -0,2%.

Para a oposição, dois trimestres seguidos de encolhimento da economia colocam o Brasil numa recessão técnica. Para o governo, cifras inferiores a 0,5% não bastam para configurar avanços nem contrações, o que livraria momentaneamente …

Leia Mais
Henrique Barbosa
7 set 2014

O novo mensalão – Eliane Cantanhêde (*).

Se a Petrobras entrou na eleição de 2010 para aniquilar as chances do PSDB, ela já entrava na de 2014 para enfraquecer a posição do PT e se torna agora um canhão contra o governo e os governistas.

O ex-diretor da empresa Paulo Roberto Costa, que sabe das coisas, aproximou-se do PT, mas está longe de ser um quadro do …

Leia Mais
Henrique Barbosa
7 set 2014

A maçã não tem culpa.

(*) Carlos Heitor Cony

Pela lenda judaico-cristã, o homem nasceu em inocência. Mas a perdeu quando quis conhecer o bem e o mal. Há uma distorção generalizada considerando que o pecado original foi um ato sexual, e a maçã ficou sendo um símbolo de sexo.

Quando ocorreu o episódio narrado na bíblia, Adão e Eva já tinham filhos pelos métodos …

Leia Mais
Henrique Barbosa
7 set 2014

O ‘arrocho salarial’, cá e lá – Clóvis Rossi (*).

Há um parentesco entre a mais recente avaliação sobre salários e emprego da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e a pregação da campanha Dilma Rousseff contra “o arrocho salarial” que, segundo ela, será aplicado pela oposição.

É bom deixar claro que o que Dilma está fazendo é terrorismo eleitoral, típico de campanhas, como já se viu antes …

Leia Mais
Henrique Barbosa