A frustração com o crescimento econômico aquém do esperado pode voltar a travar as carteiras de crédito dos grandes bancos. Juntos, os quatro maiores bancos (Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Santander) correspondem por 63,8% dos empréstimos.

Apesar do crescimento de 7,4% demonstrado na carteira expandida dessas instituições financeiras no primeiro trimestre deste ano contra igual intervalo de 2018 (de