14 nov 2017

Joesley Batista coloca imóveis em Angra e NY e iate à venda.

O empresário Joesley Batista colocou à venda seu apartamento em Nova York, a mansão em Angra dos Reis e seu iate particular. As informações foram publicadas inicialmente pela coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

A venda desses bens faz parte do amplo plano de desinvestimentos do grupo J&F, que já se desfez de empresas como Vigor e Alpargatas.

A família Batista está levantando recursos para quitar suas dívidas com os bancos e pagar a multa de R$ 10 bilhões do acordo de leniência acertado com o Ministério Público Federal (MPF).

Joesley Batista está preso desde que a Procuradoria Geral da República (PGR) rompeu seu acordo de colaboração premiada. Seu irmão Wesley também foi preso preventivamente sob acusação de “insider trading”.

Segundo pessoas próximas à família, além de equacionar as dívidas, também deixou de fazer sentido para Joesley manter esses bens, que eram um símbolo de uma vida de luxo. Juntos, os imóveis e o iate estão avaliados entre R$ 80 milhões e R$ 100 milhões.

Localizado num dos pontos mais nobres de Nova York, próximo a 5ª Avenida, o apartamento era bastante utilizado por Joesley e sua família nas temporadas na cidade. Foi para lá que o empresário viajou pouco antes de sua delação premiada vir a público.

Já a mansão em Angra dos Reis pertencia aos apresentadores Luciano Huck e Angélica e foi adquirida por Joesley em 2013. Ele e sua mulher, Ticiana Villas Boas, inauguram a propriedade com um show privado da dupla sertaneja Bruno e Marrone.

O iate é considerado um dos mais caros do mundo e recebeu o sugestivo nome de “Why not?”. Pouco antes da delação, Joesley mandou a embarcação para os EUA para reparos e colocou à venda.
Procurada, a J&F não comentou o assunto.

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa