10 jul 2018

Inflação da Venezuela chega a 46.305% ao ano em junho, diz Parlamento.

FMI prevê que a hiperinflação ultrapasse 13.800% neste ano, enquanto oposição estima alta de preços em pelo menos 100.000%.

Por France Presse

Notas de bolívares venezuelanos (Foto: Arquivo pessoal)

Notas de bolívares venezuelanos (Foto: Arquivo pessoal)

A inflação na Venezuela foi de 128,4% em junho passado, fazendo o índice interanual disparar a 46.305%, de acordo com um relatório do Parlamento, de maioria opositora, divulgado nesta segunda-feira (9).

O deputado José Guerra, um dos autores do estudo, explicou que a inflação diária na Venezuela durante o mês passado – de 2,8% – equivale ao aumento do custo de vida em um ano em países como Colômbia ou Chile.

A inflação de junho superou em 18 pontos a de maio passado – quando pela primeira vez esse índice quebrou a barreira dos 100% em um mês – disse o parlamentar Alfonso Marquina.

O Banco Central deixou de publicar informações sobre os resultados da economia em fevereiro de 2016.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê que a hiperinflação ultrapasse 13.800% este ano, enquanto os deputados da oposição estimaram que poderia ser pelo menos 100.000% e chegar a 300.000%.

 

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa