11 ago 2017

Greve dos servidores municipais do Recife é encerrada parcialmente.

Algumas categorias aceitaram propostas de reajuste salarial e de benefícios, mas guardas municipais, servidores do Iasc e da Farmácia do Recife continuam em greve.

Por G1 PE

No início da greve, no dia 27 de julho, servidores realizaram um protesto em frente à Prefeitura do Recife (Foto: Reprodução/WhatsApp)

No início da greve, no dia 27 de julho, servidores realizaram um protesto em frente à Prefeitura do Recife (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Depois de uma assembleia realizada nesta sexta-feira (11), na Câmara dos Vereadores do Recife, servidores da gestão municipal ligados ao Sindicato dos Servidores Municipais da Prefeitura do Recife (Sindsepre) decidiram encerrar a greve, iniciada no dia 27 de julho. O movimento, no entanto, foi encerrado parcialmente, já que servidores que atuam na guarda municipal, no Instituto de Assistência Social e Cidadania (Iasc) e na Farmácia do Recife permanecem paralisados.

Segundo o sindicato, funcionários das creches municipais, da Companhia de Serviços Urbanos do Recife (Csurb), da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), da Empresa de Urbanização (URB) e da Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc) decidiram encerrar o movimento grevista. As atividades serão retomadas na segunda (14) e funcionários plantonistas voltam ao trabalho no sábado (12).

A decisão aconteceu após o grupo aceitar a proposta da administração municipal de reajuste salarial de 2% e do pagamento de um abono salarial em agosto, proporcional à carga horária de trabalho dos profissionais. Segundo a categoria, também foi aceito o reajuste de R$ 2,50 no tíquete-alimentação, que passa de R$ 15,50 para R$ 18 a partir do mês de setembro.

“Decidimos encerrar porque a prefeitura deu indicativos de negociação por categoria, o que enfraquece a greve”, comenta a diretora do Sindsepre, Lúcia Miranda. A sindicalista, no entanto, afirma que a entidade segue apoiando os profissionais que decidiram manter a greve. “Estamos disponíveis para estar com os servidores nas decisões que eles tomarem”, assegura.

Ainda segundo Lúcia, o fim parcial da greve também marcou o término da ocupação na Câmara Municipal do Recife, iniciada na quarta (9).“Alguns servidores acamparam por lá e saíram com o término da assembleia, durante a manhã [desta sexta]”, alega.

Por telefone, a assessoria de imprensa da prefeitura do Recife informou não ter sido oficialmente notificada pelo Sindsepre a respeito do término da greve até pouco antes das 17h desta sexta (11).

 

http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/greve-dos-servidores-municipais-do-recife-e-encerrada-parcialmente.ghtml

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa