6 dez 2017

“Gilmar Mendes faz o que quer”, critica procurador da Lava Jato.

Jornal do Brasil

O procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima, da Operação Lava Jato, voltou a criticar o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), após a decisão do magistrado de mandar soltar pela terceira vez o empresário Jacob Barata Filho, conhecido como “Rei do Ônibus” e acusado de pagar propinas a políticos do Rio de Janeiro.

Nas redes sociais, Carlos Fernando, que já havia reprovado os outros dois habeas corpus de Gilmar ao empresário do setor de transportes, disse que o ministro “se acha supremo” e “faz o que quer”.

“Infelizmente, há muito tempo, Gilmar Mendes, aquele que se acha supremo, simplesmente faz o que quer”, declarou o procurador da Lava Jato.

Procurador da Lava Jato criticou Gilmar Mendes por habeas corpus para "Rei do Ônibus"

Procurador da Lava Jato criticou Gilmar Mendes por habeas corpus para “Rei do Ônibus”

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa