11 jul 2018

Furto de energia será pago por todos os consumidores.

Deputados repassam perdas das distribuidoras com ‘gatos’ para contas de luz. Crédito: Helvio Romero

A aprovação do projeto de lei que destrava a venda das distribuidoras da Eletrobrás vai fazer a conta de luz dos brasileiros aumentar entre 4% e 5% em 2019. Os consumidores de todo o País pagarão pelos custos com furtos de energia – conhecidos como ‘gatos’ – na região Norte. Famílias de baixa renda, no entanto, poderão contar com isenção na fatura de energia elétrica, de acordo com o texto aprovado pelos deputados. Já o projeto de privatização da Eletrobrás foi enterrado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e deve ficar para o próximo governo

Leia no ‘i’: Empreendedores contam como recomeçar após o fim de startups. Na gigante de alimentos BRF, 1,4 mil funcionários vão entrar em sistema de ‘lay-off’ por cinco meses enquanto a empresa passa por reestruturação. Ainda, no caderno de Economia: a colunista Monica De Bolle destaca que os Estados Unidos ainda sentirão os efeitos da guerra comercial de Donald Trump.

E, na Rússia, a Copa do Mundo se aproxima da final com o jogo decisivo desta tarde entre Croácia e Inglaterra. Para o presidente da Fifa, o Mundial de 2018 será lembrado pela revolução tecnológica com o uso do árbitro de vídeo, que ficou conhecido no mundo apenas por um gesto.

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa