14 jun 2018

Estudantes da rede municipal de Olinda aprendem comportamento ético desde criança.

Trabalho é coordenado pelo MPPE (Foto: Alice Mafra/PMO)

Com a missão de prevenir a ocorrência de atos de corrupção, conscientizando as crianças e os adolescentes, o Projeto Educação Contra a Corrupção, do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), está passando por várias cidades e nesta quinta-feira (14) esteve em Olinda.

A parceria com a Secretaria de Educação da Marim dos Caetés permitiu que 200 estudantes, de forma lúdica e dinâmica, aprendessem sobre a importância do comportamento ético das pequenas ações, como respeitar a ordem na fila da merenda, para a formação de uma sociedade mais justa. Durante o encontro, no Centro de Convenções, meninos e meninas acompanharam palestras, peça teatral, tudo planejado para que todos entendam que este é um tema que precisa ser discutido não só nos grandes centros, por parlamentares, pelos adultos. Mas em casa, na sala de aula e até em brincadeiras.

A Prefeitura recebeu material didático que será aplicado em sala de aula, com revista, “jogo da memória” e outros. O secretário de Educação de Olinda, Paulo Roberto Souza, comentou que essa parceria é boa não só pelo momento que as crianças estavam tendo, mas pela multiplicação que virá depois. “É importante que elas entendam que é errado, por exemplo, furar fila e passar o amigo. E vamos dar continuidade todos os dias”, afirmou o gestor, que estava acompanhado pelo integrante do MPPE e coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Infância e da Juventude (CAOPIJ), Sérgio Souto.

O representante do MPPE destacou que um concurso de desenho com a temática está sendo lançado pelo órgão em várias cidades. “Aqui plantamos uma semente para que eles sejam capazes de desenvolver e passar também para outras pessoas. São também atores importantes de fiscalização em casa, nas próprias escolas, na comunidade”, afirmou.

O Projeto Educação Contra a Corrupção conta ainda com a parceria da Controladoria-Geral Geral da União, secretarias da Fazenda e de Educação do Estado. A missão de prevenir a ocorrência de atos de corrupção, conscientizando as crianças e os adolescentes, já passou pelos municípios de Garanhuns e Caruaru, e no Arquipélago de Fernando de Noronha.

Depois deste evento, o próximo passo é a pauta chegar à sala de aula, através de um concurso de desenho e criação de um slogan, ambos com o tema Educação contra Corrupção. Participaram do evento alunos do 5º ao 9º ano das escolas Elpídio de França, Ministro Marcos Freire, Alberto Torres, Antônio Correia, Coronel José Domingos, Gregório Bezerra, Sagrado Coração de Jesus e Claudino Leal.

Compartilhe esta notícia:
Felipe Durand