13 nov 2017

Em PE, 2º dia do Enem tem abstenção de 30,3% e candidato quase preso em portão.

No estado, 112.601 estudantes faltaram às provas neste domingo (12). Em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, um candidato entrou no local de prova no último segundo antes de o portão fechar por completo.

Por G1 PE

Candidato do Enem entra em local de prova em Vitória de Santo Antão com o portão fechando

Candidato do Enem entra em local de prova em Vitória de Santo Antão com o portão fechando

Em Pernambuco, 112.601 estudantes faltaram ao segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizado neste domingo (12). Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), isso corresponde a 30,3% do total de 371.622 inscritos no estado, o que significa que 259.021 candidatos compareceram aos locais de prova em Pernambuco para responder às questões de ciência da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias. Entre eles, um que quase ficou preso no portão.

Esse índice de abstenção foi maior que o registrado no estado no primeiro dia de provas do Enem. No domingo (5), 106.656 estudantes em Pernambuco faltaram às provas de linguagens, códigos e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias. Segundo o Inep, esse número equivale a 28,7% do total de inscritos no estado.

Em Pernambuco, mais de 259 mil candidatos fizeram provas do Enem neste domingo (12) (Foto: Wanessa Andrade/GloboNews)

Em Pernambuco, mais de 259 mil candidatos fizeram provas do Enem neste domingo (12) (Foto: Wanessa Andrade/GloboNews)

Neste segundo dia do Enem em Pernambuco, houve estudante se agarrando a portão de local de prova para ser o primeiro a entrar na Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), na área central do Recife, e ter sorte em busca de uma boa nota assim como uma mãe que precisou pegar carona em moto para pegar a carteira de identidade esquecida pela filha em casa. A ansiedade e o nervosismo com as provas também provocaram desentendimento entre casal de candidatos durante o certame no Recife, ainda que houvesse vendedor oferecendo água que ‘tira ansiedade e gabarita a prova’.

Em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, um dos locais de prova foi a Faculdade Osman Lins, situada na Rua Pedro Ribeiro, no bairro Universitário. No local, uma cena inusitada chamou a atenção e foi registrada em um vídeo enviado para o WhatsApp da TV Globo. Nas imagens, é possível ver um dos candidatos se abaixando para passar por baixo do portão que já estava sendo fechado. O estudante conseguiu entrar no local de prova no último segundo.

Universidade Católica de Pernambuco foi um dos locais de prova do Enem 2017 no Recife (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

Universidade Católica de Pernambuco foi um dos locais de prova do Enem 2017 no Recife (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

Operação da PF

O segundo dia de provas do Enem em Pernambuco também foi marcado pela Operação Passe Fácil, deflagrada pela Polícia Federal para combater fraudes na realização do certame no estado e também em SP, BA, CE, ES, GO, MA, MG, MT, PA, PI, PR e RN. Segundo a ação visa o cumprimento de 31 ordens judiciais de condução coercitiva e busca e apreensão nesses locais onde “foi possível se detectar indícios de fraudes”, para desvendar e desarticular um esquema de repasse de gabaritos, inclusive através de pontos eletrônicos, a candidatos do Enem que contrataram a resolução das provas por especialistas.

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa