5 dez 2017

Delator terá oportunidade de explicar ligações com senador.

Lúcio Funaro e Ivo Cassol mantinham interesses comuns na área de energia.

MURILO RAMOS

Ivo Cassol,senador (Foto: ANDRÉ DUSEK/ESTADÃO CONTEÚDO)

No complemento de sua delação premiada, o operador Lúcio Funaro terá a oportunidade de contar sobre seu relacionamento com o senador Ivo Cassol (PP-RO). No final de 2015, os dois discutiram negócios na área de energia. Cassol atravessa um mau momento. Na semana passada, a Procuradoria-Geral da República pediu pressa ao Supremo Tribunal Federal para julgar recursos do senador. Em 2013, ele foi condenado por corrupção, mas ainda não foi preso.

 

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa