18 fev 2020

PRESIDENTE DA OAB REAGE A OFENSA DE BOLSONARO CONTRA REPÓRTER DA ‘FOLHA’: ‘MAU-CARATISMO INSTITUCIONALIZADO’.

GUILHERME AMADO

Felipe Santa Cruz se diz ‘perplexo’ com fala do presidente sobre jornalista

Presidente da OAB, Felipe Santa Cruz Foto: Guilherme Pinto

Presidente da OAB, Felipe Santa Cruz Foto: Guilherme Pinto

Felipe Santa Cruz, presidente da OAB, reagiu de maneira dura à ofensa cometida por Jair Bolsonaro na porta do Palácio da Alvorada, novamente contra uma jornalista mulher.

Afirmou Bolsonaro, referindo-se à repórter Patrícia Campos Mello, da Folha de S. Paulo:

“Ela queria um furo. Ela queria dar o furo a qualquer preço contra mim”.

Campos Mello foi difamada na semana passada durante depoimento na CPMI das Fake News, quando o depoente Hans River — ex-funcionário de uma sas empresas suspeitas de fazer os disparos ilegais em massa de mensagens para a campanha dr Bolsonaro — afirmou que ela havia se insinuado sexualmente para ele durante a investigação.

A repórter desmentiu a acusação mostrando prints de mensagens entre os dois.

Disse Santa Cruz:

“Um absurdo tão grande que estou perplexo. Ele autoriza a política de bullying que os seus seguidores buscam estabelecer nas redes sociais. Na verdade quer intimidar as mulheres, os indígenas, os negros e toda e qualquer minoria que busque ter voz no nosso país. É o mau-caratismo institucionalizado. Não é normal, não é aceitável”.

Compartilhe esta notícia:
Reinhard Allan Santos