13 fev 2020

De forma tranquila, Náutico vence Toledo-PR e avança na Copa do Brasil.

Fora de casa, o Timbu marcou com Jean Carlos e Matheus Carvalho e agora enfrenta o Botafogo na segunda fase, em jogo nos Aflitos

Resumão

Melhores momentos de Náutico 0 x 2 Toledo, pela 1ª fase da Copa do Brasil

Melhores momentos de Náutico 0 x 2 Toledo, pela 1ª fase da Copa do Brasil. (Clique e assista aos melhores momentos)

O Náutico fez o que mandava o figurino. Além de ter a vantagem do empate, o Timbu ainda enfrentou um Toledo que vinha em crise – até então só tinha vencido um jogo em sete. Dentro de campo, não sofreu sustos e venceu por 2 a 0, com gols de Jean Carlos e Matheus Carvalho. Além dos R$ 540 mil por participação, o Alvirrubro garantiu mais R$ 650 mil de cota pelo avanço à segunda fase. O Toledo, que disputou a Copa do Brasil pela primeira vez, saiu logo na primeira fase.

E agora?

O próximo adversário do Náutico será o Botafogo, que eliminou o Caxias na primeira fase. A partida será no estádio dos Aflitos. Em caso de empate, o jogo vai para os pênaltis. As possíveis datas para esse jogo são 19/2, 26/2 e 4/3.

Próximos jogos

As duas equipes jogam neste sábado. O Náutico tem, às 18h, no estádio dos Aflitos, um clássico contra o Sport pela Copa do Nordeste. O Toledo entra em campo um pouco mais cedo, às 17h, contra o Athletico Paranaense, na Arena da Baixada, pelo Estadual.

Primeiro tempo

Lance de Toledo x Náutico

Lance de Toledo x Náutico (Foto: Caio Falcão/ Náutico)

A primeira etapa foi de poucas chances de gol, mas com o Náutico jogando mais. O Toledo adotou uma postura defensiva desde o começo e isso fez com que o Timbu estivesse bem mais no campo de ataque. Tanto é que terminou a primeira etapa com 66% de posse de bola. No entanto, não foram tantas chances criadas. Diego, de cabeça, e Matheus Carvalho, que chegou atrasado após cruzamento, tiveram as melhores oportunidades, mas não balançaram as redes. Com isso, o 0 a 0 permaneceu no placar.

Segundo tempo

Bryan, do Náutico, disputa bola

Bryan, do Náutico, disputa bola (Foto: Caio Falcão/ Náutico)

Foi quando o Náutico tomou as rédeas da partida e começou a criar. Mais: começou a ser perigoso. Mais: encontrou o caminho do gol. Em um pênalti sofrido por Bryan, Jean Carlos cobrou com muita categoria e colocou o Timbu na frente. O Toledo tentava ir para cima, afinal precisava da vitória, mas deixou muitas brechas. E uma delas foi aproveitada pelos pernambucanos. Jean Carlos chutou de fora da área, o goleiro Diego deu rebote e Matheus Carvalho marcou o segundo.

Família na torcida

Família de Guillermo Paiva em Toledo

Família de Guillermo Paiva em Toledo (Foto: Diogo Marques)

Mais de 25 familiares do atacante paraguaio Guillermo Paiva saíram da cidade de Presidente Franco, localizada no departamento de Alto Paraná, até a cidade de Toledo. Foram 158 quilômetros do Paraguai até o interior do Paraná. O jogador começou no banco, mas entrou no segundo tempo e foi bem.

Foi breve

Esta foi a primeira participação do Toledo-PR na Copa do Brasil. Em crise e com apenas um ponto no Campeonato Paranaense, o Toledo não conseguiu usar a Copa do Brasil para melhorar o ambiente.

Briga pela artilharia

Matheus Carvalho fechou a conta para o Náutico

Matheus Carvalho fechou a conta para o Náutico (Foto: Caio Falcão/ Náutico)

Jean Carlos marcou o primeiro gol do Náutico no jogo e chegou aos três na temporada, igualando-se a Matheus Carvalho na artilharia do time. Mas logo depois, aproveitando um rebote de um chute de Jean Carlos, Matheus fez o quarto gol dele na temporada e pulou de novo na frente. A briga é boa.

Compartilhe esta notícia:
Reinhard Allan Santos