14 jan 2020

CPRH apreende mais de 500 caranguejos-uçá.

Ação aconteceu nas praias de Porto de Galinhas e Tamandaré

Quinhentos e oitenta e três caranguejos-uçá foram apreendidos, no último final de semana, por técnicos da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), no município de Tamandaré, Litoral Sul de Pernambuco. Os caranguejos estavam sendo comercializados em barracas e por ambulantes de rua, que foram autuados e tiveram o produto apreendido. A ação, realizada em conjunto com policiais federais e técnicos do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio), teve caráter educativo visto que o caranguejo uçá está no Período do Defeso, época em que a pesca e a comercialização do produto é proibida por lei.

De acordo com gerente da Unidade de Gestão de Fauna, Iran Vasconcelos, o período do Defeso é importante para proteger o período reprodutivo da espécie que acontece entre os dias 11 e 16 de janeiro.  Ele disse também que todos os animais apreendidos já foram soltos no mangue de Tamandaré. Durante a ação, os técnicos também fiscalizaram barracas, restaurantes e pousadas na praia de Porto de Galinhas. Os próximos períodos do Defeso acontecem entre os dias 10 a 15 dos meses de fevereiro e março.

Tartarugas – Durante a ação, os técnicos da CPRH resgataram uma tartaruga que estava encalhada na areia da praia de Tamandaré. O animal foi levado para ONG Ecoassociados, instituição voltada para preservação de tartarugas marinhas no litoral de Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife.

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa