22 maio 2019

Olinda terá oferta de serviços gratuitos à população no próximo sábado (25).

Neste sábado (25), das 8 às 16h, a Faculdade de Olinda (Focca) realiza a 28ª edição do Ação Viva Olinda com um dia inteiro de atendimento gratuito nas áreas de documentação, orientação jurídica, saúde, higiene e lazer. O evento visa contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas mais carentes e despertar a consciência social dos alunos e comunidade acadêmica envolvida. A ação é voltada para a comunidade mais carente e acontece no campus sede da instituição, no Sítio Histórico em Olinda. A expectativa da Focca é realizar mais de 2 mil atendimentos.

Na ocasião, serão oferecidos serviços gratuitos nas áreas de saúde, documentação, orientação jurídica, higiene e lazer com a participação de professores e estudantes da Focca e da Unisãomiguel, juntamente a várias empresas e entidades parceiras que se mobilizam em prol da cidadania e da solidariedade. Haverá atendimento médico ambulatorial para crianças e idosos; avaliação nutricional; fisioterapia, orientação sobre violência doméstica, vacinação para idosos; exames de sífilis e HIV; cabelereiros; Celpe com orientação de consumo de eletricidade; orientação de trânsito com o Detran; CDL com orientação do comércio e serviços; aplicação de reiki; oficinas de higiene bucal infantil; recreação para crianças; cadastro de celular com a SDS e inscrição para o casamento coletivo da Casa de Justiça e Cidadania do TJPE, uma novidade na edição desse ano.

Os moradores de Olinda que quiserem participar do casamento coletivo gratuito devem levar cópias do RG, CPF, certidão de nascimento original e comprovante de residência, além dos mesmos documentos de duas testemunhas. Os divorciados devem apresentar também o documento original do registro do divórcio e as cópias da sentença. De lá, os casais sairão com o encaminhamento para o cartório, onde deverão comparecer com os mesmos documentos no dia marcado, acompanhados das testemunhas. É necessário que pelo menos um dos noivos apresente comprovante de residência confirmando que é morador da respectiva localidade.

A Ação Viva Olinda ainda terá atendimento jurídico através das Casas da Justiça e Cidadania do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) com mediações nas áreas de pensão alimentícia, guarda e visitação de menores, divórcio, dissolução de união estável, conflitos de família, conflito escolar, conflito de vizinhança e conflito comunitário, direito do consumidor/Procon, direito civil e direitos trabalhistas; além de orientação psicossocial com encaminhamentos diversos, inscrição para o programa Jovens Aprendiz e elaboração de currículo. “É toda uma infra-estrutura que teremos para prestar o atendimento, resultado de parcerias e de uma mobilização social”, ressalta a educadora e presidente da Focca e Unisãomiguel, Antonieta Chiappetta.

A ação que já acontece há 19 anos na Faculdade, foi idealizada pela educadora, Antonieta Chiappetta, e é desenvolvida pelo Núcleo de Ação Social da Focca, sob a coordenação da  professora, Jacyra Bezerra. De acordo com ela, a idéia é oferecer o maior número de serviços às pessoas mais carentes, através da orientação de profissionais qualificados. “Nossa intenção é, sobretudo, contribuir com a formação cidadã dos nossos alunos fazendo com que eles se sintam como parte importante desse compromisso social”, aponta reiteirando a responsabilidade que Faculdade tem em seu escopo de exercer o papel solidário através de trabalhos comunitários”, reforça.

A iniciativa é realizada anualmente pela FOCCA – Faculdade de Olinda em parceria com a Unisãomiguel e instituições como Secretaria de Saúde – PNI – Programa Nacional de Infectologia do Governo do Estado de Pernambuco; Secretaria de Defesa Social – SDSPE; CIATur – Companhia Independente de Apoio ao Turista; 11º Batalhão de Polícia Militar de Pernambuco; Defensoria Pública do Estado de PE; Secretaria de Saúde da Prefeitura de Olinda; Tia Dulce Self Service; Instituto Tavares Buril (ITB- PE); Projeto Anjos; Orquestra Cidadã; PROCON-PE; Celpe; Detran; Mary Kay e Profit Nemwashi.

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa