21 maio 2019

Fernando Filho cobra melhorias nos serviços de energia elétrica.

As declarações dos deputados foram feitas em audiência pública para tratar do baixo desempenho da Empresa Enel Distribuição de Goiás, na prestação de serviços de distribuição de energia elétrica no Estado de Goiás.

Em audiência da Comissão de Minas e Energia da Câmara, o deputado Fernando Coelho Filho (PE) defendeu que, além de atuarem no serviço de distribuição de energia, as distribuidoras formem, junto com entidades locais, grupos para atuarem em prol de setores que mais necessitem deste tipo de insumo. Este atendimento é necessário, segundo ele, até que determinados investimentos sejam concretizados.

“É preciso priorizar investimentos emergenciais, como, por exemplo, de frigoríficos que estão ameaçando ir embora ou que querem se instalar num determinado estado”, disse Fernando, ressaltando que estes investimentos vão gerar emprego e renda. “O cuidado, a sensibilidade, a empresa precisa ter nestes anos iniciais para tornar os processos menos traumáticos”, reforçou ele, ex-ministro de Minas e Energia.

O deputado Zé Mário (GO), por sua vez, cobrou mais ações de fiscalização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Segundo o parlamentar, faltam investimentos na melhoria na rede por parte das concessionárias de energia elétrica. “Não é raro você ver um produtor rural ficar 15 dias sem energia elétrica. Havia um diálogo de que em três anos, com a privatização, haveria uma melhoria. Mas, já se passaram dois anos e meio e a sensação é de que não houve. O que está faltando? No meu entendimento, o órgão regulador deveria queimar algumas etapas e cobrar mais resultados”, afirmou.

As declarações dos deputados foram feitas em audiência pública para tratar do baixo desempenho da Empresa Enel Distribuição de Goiás, na prestação de serviços de distribuição de energia elétrica no Estado de Goiás.

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa