21 maio 2019

DEPUTADA QUE SE DISSE AMEAÇADA POR MINISTRO PEDE VARREDURA EM GABINETE.

Sua casa em Brasília já é monitorada pela Polícia Legislativa

GUILHERME AMADO

Silva denunciou à Câmara, por supostas fake news, um perfil de rede social que se apresenta como oficial da juventude do PSL Foto: Eduardo Barretto/Época

Silva denunciou à Câmara, por supostas fake news, um perfil de rede social que se apresenta como oficial da juventude do PSL Foto: Eduardo Barretto/Época

A deputada Alê Silva, do PSL de Minas Gerais, pediu que a Câmara faça uma varredura em seu gabinete. No mês passado, ela afirmou à Polícia Federal que foi ameaçada pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, seu colega de partido e estado.

Ela também enviou ofício à Procuradoria da Casa para que notifique responsáveis por supostas mensagens de fake news contra ela, após suas declarações contra Álvaro. Uma das páginas citadas se apresenta como perfil oficial da juventude do PSL de Minas Gerais.

Segundo um auxiliar de Silva, sua  residência em Brasília passou a ter rondas noturnas da Polícia Legislativa, e o governo mineiro aumentará a segurança dela nos deslocamentos para o aeroporto de Belo Horizonte.

Compartilhe esta notícia:
Reinhard Allan Santos