13 maio 2019

Palco Giratório começa circuito no Recife.

“Traga-me a cabeça de Lima Barreto” (Foto: Adeloya Magnoni)

Projeto nacional do Sesc terá primeiro espetáculo na RMR na quinta-feira (20/05) com a carioca Cia Comuns

Depois de iniciar circuito em Petrolina, a 22ª edição do Palco Giratório chega ao Recife com o espetáculo “Meia Noite”. A encenação acontece no domingo (19/05), no Teatro Marco Camarotti, às 16h. No dia seguinte (20), às 19h30, o equipamento recebe o monólogo “Traga-me a cabeça de Lima Barreto”, e na terça-feira (21), às 15h, a primeira programação do projeto na capital culmina com o Pensamento Giratório no Espaço Cumbe, na Rua da Aurora, também na área central do Recife.

Em circulação pelo Brasil, o Palco se propõe a abrir espaço para produções independentes e nacionais, valorizando os artistas, suas produções e suas manifestações, como dança, circo, teatro, intervenções urbanas e suas interfaces. Também proporciona o encontro de grupos para troca de experiências, amplia o acesso do público às artes cênicas e potencializa a formação de público.

“Pelo olhar que tem ao novo, pela robustez e pela sua pluralidade, o Palco segue se consolidando a cada edição e reafirmando presença em todos os polos de Pernambuco”, avalia o gerente de Cultura do Sesc Pernambuco, José Manoel Sobrinho. Petrolina foi a primeira no estado a receber esta edição, durante a realização do Aldeia Vale Dançar, um dos braços do projeto. Durante os meses de abril e começo de maio, o festival levou para a cidade e também para Juazeiro (BA) ações formativas e apresentação de espetáculos.

Com curadoria de 33 profissionais do Sesc do Brasil, grupos pernambucanos integram a programação nacional do Palco. “Para a cena pernambucana, é um momento de celebração ter dois grupos de profissionais selecionados entre os 20 que formam esta edição”, pontua a curadora local da iniciativa, Rita Marize Farias. Entre os conterrâneos selecionados, estão o Cavalo Marinho Estrela de Ouro e a Cia Etc, com o espetáculo Tandan!. Entre os grupos nacionais que virão, está o Casa de Zoé (RN).

“Meia Noite’’, apesar de não circular pelo projeto, é o convidado local para interagir com o grupo nacional. Ele leva para o palco do Teatro Marco Camarotti uma ode à capoeira, com direção e atuação de Orun Santana. O espetáculo homenageia o pai, nome que define a peça, se ancorando nas histórias vividas por ele para falar do ritmo e sua relação com o corpo e a memória. Já a Cia Comuns, do Rio de Janeiro, vai apresentar, em uma hora de duração, “Traga-me a cabeça de Lima Barreto”. Direcionada para maiores de 14 anos, serão abordados pelo ator e diretor Hilton Cobra trechos de obras do escritor brasileiro misturadas à imaginação para falar sobre a vida do romancista, relação com família, vícios, lembranças e tristezas. Além de apresentarem os espetáculos, os protagonistas vão se encontrar com o público na terça-feira (21), às 15h, no Espaço Cumbe, dentro Pensamento Giratório.

Goiana será o segundo município a receber a programação do Palco Giratório. “Traga-me a cabeça de Lima Barreto“ será apresentado no Sesc da cidade, às 19h. O Pensamento Giratório na cidade acontecerá na quinta-feira, às 14h. Os valores para entrada nos espetáculos custam R$ 20 e R$ 10, e o acesso à conversa é gratuito.

Durante o ano, a programação vai percorrer o estado, levando mais grupos também para as cidades de Caruaru, Arcoverde, Pesqueira, Belo Jardim, Garanhuns, Casa Amarela, Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço da Mata, Surubim, Petrolina, Araripina, Bodocó e Triunfo. Toda a programação pode ser conferida no site do Sesc Pernambuco (www.sescpe.org.br/).

Palco Giratório – Contabilizando a realização de 22 edições, o projeto nacional vai trazer neste ano 642 apresentações e 1.382 horas de oficinas, realizadas por 20 grupos artísticos, alcançando 138 cidades brasileiras. Os artistas são selecionados por meio de uma curadoria formada por 33 profissionais do Sesc de todo o Brasil, considerando critérios como diversidade de linguagem, regiões do país, faixa etária e trajetória dos artistas.

Sesc – O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 20 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

Serviço – Palco Giratório
Sesc Santo Amaro (Rua Treze de Maio, 455. Santo Amaro. Informações: 3216.1715)

19/05, 16h – Espetáculo “Meia Noite”. Valor: R$ 20 e R$ 10

20/05, às 19h30 – Espetáculo “Traga-me a cabeça de Lima Barreto”. Valor: R$ 20 e R$ 10

Espaço Cumbe (Rua da Aurora, 371)

21/05, às 15h – Pensamento Giratório. Valor: gratuito

Sesc Ler Goiana (Rua do Arame, s/n. Centro. Informações: 3626.8400)

22/05, às 19h – Espetáculo “Traga-me a cabeça de Lima Barreto”. Valor: R$ 20 e R$ 10

23/05, às 14h – Pensamento Giratório. Valor: gratuito

Compartilhe esta notícia:
Felipe Durand