7 dez 2018

Hospital Geral do Exército está na mira do Ministério Público Federal.

Foi aberto inquérito para investigar compra e utilização de próteses cardíacas.

Hospital Geral do Exército no Rio de Janeiro Foto: Divulgação

Hospital Geral do Exército no Rio de Janeiro – Divulgação

Gustavo de Albuquerque, procurador da República no Rio de Janeiro, determinou a abertura de um inquérito civil para apurar a compra e utilização de próteses cardíacas pelo Hospital Geral do Exército, localizado no Rio de Janeiro. Albuquerque procura saber se houve o crime de improbidade administrativa com o enriquecimento ilícito de funcionários da unidade de saúde, tal qual denúncia narrada ao Ministério Público.

Por Murilo Ramos

Rhass

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa