10 out 2018

Foi Tasso quem disse para Doria que Alckmin não é “falso”.

Após o ex-governador paulista dizer que não era “traidor” ao candidato do PSDB ao governo de São Paulo.

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) Foto: André Coelho / Agência O Globo

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) – André Coelho / Agência O Globo

Foi o senador Tasso Jereissati (CE) quem disse para o candidato do PSDB ao governo de São Paulo, João Doria, que o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin não é “falso”. A afirmação do político cearense foi feita logo depois de Alckmin dizer a Doria, durante reunião da Executiva Nacional do PSDB em Brasília, que não era “traidor”. O áudio da reunião vazou, mas ninguém tinha descoberto quem dissera “nem falso”.

O clima ficou ruim após Doria criticar a direção do partido por não se preparar para campanhas de segundo turno: nem presidencial nem estaduais. O PSDB disputa o segundo turno em São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rondônia e Roraima.

Por Murilo Ramos

Rhass

Compartilhe esta notícia:
Henrique Barbosa